A Relação Adequada de Proteínas, Carboidratos e Gorduras

Você sabe como adequar as proteínas, carboidratos e as gorduras na sua dieta? Nós ajudamos você!

Estar em forma é um dos objetivos de boa parte das pessoas, principalmente das mulheres. Existem muitas informações relacionadas ao processo de emagrecimento e, é possível, encontrarmos novas dietas da moda nas revistas e nos programas de televisão todas as semanas.

Eu sei como é gratificante olhar no espelho e ver que, aquelas gordurinhas tão indesejadas, estão diminuindo. Acontece que para emagrecer com saúde e, mais do que tudo, mantermos o peso ideal ao longo da vida, precisamos entender a importância da nutrição no nosso corpo.

Então, vamos explicar um pouquinho sobre quais são os principais nutrientes presentes na alimentação e como eles funcionam no nosso organismo.

Qual a importância dos nutrientes?

A alimentação é importante para nosso corpo da mesma maneira que o combustível é importante para um carro. Coloque um combustível ruim e você perceberá que o carro começará a falhar e, futuramente, terá problemas de manutenção. Comer deve ser mais do simplesmente ter prazer, deve ser também o momento em que damos para o corpo tudo aquilo que de fato ele precisa: nutrição.

Existem basicamente dois grandes grupos de nutrientes: os macro nutrientes formados pelos carboidratos, pelas proteínas e pelas gorduras, e os micronutrientes formados pelas vitaminas e minerais. A água também é considerada um nutriente fundamental para a alimentação, pois participa de todos os processos metabólicos do organismo.

A pirâmide alimentar é utilizada como base para definir a quantidade necessária diariamente para cada grupo de alimentos, mas vale lembrar que estes percentuais devem ser ajustados para cada estilo de vida, variando também com a idade, condição de saúde, ou mesmo para atletas e praticantes de atividade física.

Vamos entender um pouco neste artigo sobre cada um dos macro nutrientes.

• Carboidratos

Os carboidratos são a principal fonte de energia para o nosso corpo e são classificados por seu índice glicêmico, ou seja, pela velocidade com que são digeridos e com que chegam na corrente sanguínea.

Portanto, ingerir alimentos que contenham carboidratos de baixo índice glicêmico, ajuda no controle da saciedade, na diminuição do apetite e também ajudando a reduzir a quantidade de calorias consumidas diariamente.

Dentro de uma dieta saudável e também que ajude a reduzir peso, o recomendado é ingerirmos entre 45% e 65% das calorias diárias de fontes de carboidratos, consumindo diariamente de 4 a 5 porções de legumes e verduras, de 5 a 9 porções de cereais, raízes e tubérculos, e de 3 a 5 porções de frutas.

Algumas fontes saudáveis de carboidratos são os pães integrais, o arroz integral, as batatas, a aveia, granola, e todos os legumes, verduras e frutas.

• Proteínas

As proteínas são responsáveis por toda a parte estrutural do nosso corpo. Estão presentes nos músculos e em todos os órgãos e tecidos, são formadores dos hormônios e dos anticorpos, e auxiliam no transporte de nutrientes.

As proteínas podem ser completas ou incompletas devido à quantidade de aminoácidos na sua estrutura, portanto, para termos uma alimentação nutricionalmente equilibrada, precisamos consumir diferentes fontes deste nutriente de maneira a adquirirmos todos os aminoácidos essenciais.

Dentro de uma dieta saudável, o recomendado é ingerirmos entre 10% e 35% das calorias diárias de fontes de proteínas, sendo 3 porções de leites e derivados, 1 a 2 porções de carnes e ovos, e 1 porção de leguminosas (feijões).

Algumas fontes saudáveis de proteínas são as carnes magras suínas ou bovinas, carnes de frango, os peixes, os ovos, leite e queijos magros, assim como as fontes vegetais de proteínas como as castanhas, nozes, feijões, lentinhas e a soja.

• Gorduras

Apesar de muitas pessoas considerarem a gordura algo ruim, principalmente quando precisamos reduzir peso, ela tem muitas funções importantes no nosso corpo, como, por exemplo, o controle da temperatura corporal, a produção de hormônios e o transporte de nutrientes.

Assim como os carboidratos, as gorduras também são uma excelente fonte de energia, sendo utilizada quando o primeiro grupo não está disponível. É por este motivo que reduzir a quantidade de carboidratos ajuda na redução de gordura localizada.

No entanto, temos o grupo das gorduras ruins (saturadas e trans) e temos o grupo das gorduras boas (insaturadas e poli-insaturadas), entre elas os ômega 3 e 6, que ajudam a manter os níveis de colesterol bom e também ajudam na redução de peso.

Dentro de uma dieta saudável, o recomendado é ingerirmos entre 25% a 35% das calorias diárias de fontes de gordura, sendo 1 a 2 porções de óleos e gorduras vegetais.

Os principais alimentos considerados fontes de gorduras boas são os peixes, as castanhas, o azeite, a linhaça e a chia.

Conclusão

A alimentação deve trazer, em primeiro lugar, uma quantidade completa de nutrientes para nosso corpo, garantindo uma redução de peso saudável e também a manutenção deste peso ao longo da vida. Procure melhorar a qualidade da sua alimentação e agregar novos hábitos para trazer mais bem-estar físico e mental para você e toda a sua família.
Continue conosco nos próximos artigos e deixe aqui seus comentários ou dúvidas. Até mais.

“Image courtesy of marin / FreeDigitalPhotos.net”